A imprensa mundial segue repercutindo as consequências das prisões, de agora oito dirigentes ligados à FIFA, entidade máxima do futebol mundial. A ação combinada entre o FBI norte-americano e a justiça suíça deflagrada na última quarta-feira visou o agrupamento dos lideres das confederações ligadas à FIFA, reunidas em Zurique (Suiça).

Ler mais