Pela segunda partida das semifinais do Mundial 2014, a Argentina venceu a Holanda na última quarta-feira em São Paulo (SP), nos pênaltis. Se não entrasse em campo contra os holandeses, Lionel Messi já justificaria o que se esperava dele, de forma exagerada é verdade, desde o Mundial de 2006. Isso porque Messi jogou um Mundial digno no Brasil. Como todos os grandes craques atuais, Messi passou por um “estágio probatório” de deificação exacerbada. Aconteceu com Cristiano Ronaldo e acontece com Neymar.

Ler mais