Nesta sexta-feira (22 de março) a seleção da França visitará a Moldávia, em partida de estréia pelas Eliminatórias da EURO 2020. Atual campeã mundial, a seleção bleu do treinador Didier Deschamps integra o grupo H das eliminatórias.

Além da França compõem o grupo H as seleções de Albânia, Andorra, Islândia e Turquia. No papel os franceses parecem estar num grupo não tão duro. A Islândia parece ser a equipe tecnicamente superior e a seleção turca talvez demande algum sinal de alerta, sobretudo quando o confronto é na Turquia.

A presente convocação de atletas que Deschamps tem sob seu comando, divulgada na última quinta-feira, teve como novidades os retornos de Layvin Kurzawa (lateral-esquerdo/PSG), Kurt Zouma (zagueiro/Everton) e Kingsley Coman (meia-atacante/FC Bayern).

O defensor Kurt Zouma era nome ascendente no ciclo para a EURO 2016. Uma lesão sofrida meses antes do torneio em que a França acabou vice-campeã, tirou-o da rota. Pertencente ao inglês Chelsea, Zouma está emprestado ao Everton até o fim desta temporada elencando bons números pelos toffees de Liverpool (29 partidas, 1 gol).

Kingsley Coman estava na pré-lista para a Copa 2018. O meia-atacante do alemão FC Bayern sofreu lesão nos ligamentos de um dos joelhos em fevereiro de 2018, algo que o prejudicou às vésperas do Mundial. No aspecto técnico a afirmação de Kylian M’bappé que atua pelos lados, acabou eclipsando as chances de Coman na seleção.

Coman disputou a EURO 2016, época em que ainda atuava pela italiana Juventus. Na presente temporada 18/19 pelo Bayern, o meia-atacante elenca 19 partidas, mais 6 gols e 2 assistências concedidas.

Por fim Kurzawa do PSG voltou a ser convocado, após ter passado por recuperação de lesão durante praticamente toda a primeira metade da atual temporada. Em seu clube o lateral perdeu espaço para o espanhol Juan Bernat. Kurzawa contabiliza 10 aparições (1 gol) na temporada por seu clube.

Confira todos os convocados

Dentre as três novidades é Kurzawa quem mais tem chances de afirmação. A lateral-esquerda é uma lacuna, sobretudo no aspecto ofensivo. A França foi campeã mundial com Lucas Hernández (Atlético Madrid) lateral de característica defensiva, nesta oportunidade não convocado.

O jornal francês L’Équipe sugere provável alinhamento inicial, mas não afirma nem Kurzawa nem Lucas Digne (Everton) como titulares absolutos na lateral-esquerda. Vale lembrar que a segunda opção para o setor durante o Mundial 2018 era Benjamin Mendy (Manchester City), que lidou com problemas físicos durante o torneio.

O L’Équipe ainda ressalta possível titularidade do zagueiro Samuel Umtiti (Barcelona). Destaque na Copa 2018 Umtiti lidou com tratamento de lesão num dos joelhos durante toda a primeira metade da atual temporada, desfalcando o Barcelona. Voltou a estar disponível ao técnico Ernesto Valverde só em fevereiro.

Segundo o jornal Coman surgirá no alinhamento inicial, o que não surpreende. Livre de problemas físicos o meia-atacante tem a confiança de Deschamps. Possível time titular: Lloris, Pavard, Varane, Umtiti, Digne ou Kurzawa. Kanté, Pogba. M’bappé, Griezmann e Coman. Giroud.

Moldávia x França entram em campo a partir das 16:45 (horário de Brasília). A Esporte Interativo está transmitindo jogos da Eliminatórias da EURO via Space e TNT, na tv fechada brasileira.

Dados estatísticos: Transfermarkt

Imagem de Deschamps: L’Équipe