Just Push Play: Night in Gales “The Mortal Soul”

band-foto-2

O alemão Night in Gales liberou um lyric video para “The Mortal Soul”, canção que integrará seu novo álbum “The Last Sunsets”. O registro sai no dia 23 de fevereiro via Apostasy Records, no mercado europeu. O novo álbum sucederá “Five Scars” lançado em 2011.

O novo registro do Night in Gales foi gravado com quatro vocalistas, sendo que um deles, Christian Müller, retorna ao grupo como frontman efetivo. Müller cantou apenas no ep de estreia do conjunto “Sylphlike”, lançado em 1995. Os outros três são convidados, incluindo-se Marc Grewe que canta “The Mortal Soul”.

Grewe é o vocalista original do Morgoth, ícone do death metal alemão do fim dos anos 1980. Após se separar na segunda metade dos anos 90, o Morgoth retornou com “Cursed to Live” em 2012. Grewe deixou o conjunto antes do Morgoth gravar “Ungod”, por sua vez lançado em 2015. Marc Grewe chegou a ser testado pelo Sepultura na época em que Max Cavalera deixou a banda entre 1996 e 1997.

Ouça The Mortal Soul

O Night in Gales tem uma trajetória “azarada”, sendo que a banda ostentou contrato com a gravadora alemã Nuclear Blast. Seu som antenava-se ao que se fazia na Suécia na época do chamado “Gothenburg Sound”, de bandas do death metal melódico como Soilwork, Dark Tranquillity ou In Flames, esta última com quem o Night in Gales era muito comparado.

Capa de "The Last Sunsets"

Capa de “The Last Sunsets”

O conjunto alemão lançou três álbuns pela Nuclear Blast (o último “Nailwork”/2000) e acabou por perder espaço exatamente para In Flames e Soilwork, que se tornaram apostas da empresa. Ambos obtiveram bom respaldo de mercado entre o fim dos anos 90 e a década passada.

De lá para cá o Night in Gales lançou “Necrodynamic” (2002), o ep “Ten Years of Tragedy” (2005) e o citado “Five Scars”. A ideia do novo álbum é retornar em grande estilo, soando exatamente próximo das sonoridades suecas do fim dos anos 90. O produtor do álbum “The Last Sunsets” é o guitarrista Dan Swanö, líder do Edge of Sanity, ex-Bloodbath, músico respeitado na cena do death metal da Suécia.

Vale lembrar também que o Night in Gales não deve ser confundido com o Nightingale, projeto de Swanö voltado ao progressive metal.

Imagem: divulgação

Deixe seu comentário