O filme de Cristiano Ronaldo.

69947_20131023172016

A semana que se encerra trouxe a divulgação do trailer de “Ronaldo, o filme”, uma cinebiografia que retratará a trajetória do atacante lusitano Cristiano Ronaldo, que atua pelo Real Madrid. A data de estreia está marcada para o próximo dia 9 de novembro. Inicialmente o filme esteve agendado para sair em outubro.

O trailer mostra muitas cenas de bastidores, incluindo-se a relação familiar do atacante, sobretudo com sua mãe e filho único. Obviamente que imagens da trajetória vitoriosa de CR7 em campo, também constarão e podemos incluir aí feitos expressivos, gols e títulos conquistados, por Manchester United e pelo Real Madrid.

Parte de imprensa e público que não mostram apreço por CR7, já demonstram indiferença ou inconformidade, para com uma produção que proporciona um auto-enaltecimento megalomaníaco, de um ídolo ainda vivo. Porém é preciso ressaltar que o atacante já tem 30 anos completos, e está vivendo o início da decrepitude de seu ciclo áureo enquanto atleta profissional.

“Ronaldo, o filme” contou com produção do renomado cineasta inglês Asif Kapadia, que dirigiu “Senna” (2010), cinebiografia documental póstuma do brasileiro tri-campeão de Formula 1, Ayrton Senna. A direção do filme sobre CR7, foi conduzida por Anthony Wonke.

Real Madrid no cinema.

Consequentemente, teremos mais uma produção cinematográfica que tratará de expor a marca do Real Madrid Club de Fútbol. Na década passada, alguns filmes foram produzidos retratando verídica ou ficcionalmente, jogos e o elenco do Real Madrid, entre 2005 e 2007.

Em 2005, “Real Madrid, o filme” trazia uma narrativa semi-ficcional, com histórias fictícias de torcedores intercaladas a documentação verídica da semana de preparação e realização do super clássico, entre “el Madrid” e Barcelona. O confronto se deu pela temporada 2004/2005 de La Liga, com os merengues ali ainda comandados pelo técnico Vanderley Luxemburgo. O plantel blanco trazia Raúl, Zidane, Figo, Beckham e o brasileiro Ronaldo.

No ano seguinte, o franco-escocês “Zidane, um retrato do século XXI”, mostrou-se enquanto uma produção peculiar dirigida por Douglas Gordon e Philippe Parreno. Vinculado a estética do cinema francês, o filme se apropriou das imagens captadas única e exclusivamente de Zinedine Zidane, num jogo entre Real Madrid e Villarreal. O resultado final incomum, trouxe algo quase nonsense, com Zizou sendo retratado em campo, mas recortado e fora do contexto da partida.

Por fim, tivemos ainda “Gol II – Vivendo o Sonho” (2007), segunda parte da trilogia Gol, esta sim 100% ficcional, a qual contava a trajetória do craque mexicano Santiago Muñez (o ator Kuno Becker). Após se destacar na Inglaterra jogando pelo Newcastle, Muñez é contratado pelo Real Madrid. As cenas das partidas da trilogia foram editadas a partir de jogos reais, com alguns atletas e dirigentes aparecendo no filme, interpretando a eles mesmos.

A data de estreia de “Ronaldo, o filme”, se refere ao âmbito mundial incluindo os cinemas brasileiros. Veja o trailer abaixo:

Imagem de Cristiano Ronaldo: Javier Soriano – AFP