A imprensa espanhola repercute a proximidade do fim da trajetória do goleiro e capitão Iker Casillas do Real Madrid, único clube que o também goleiro da seleção espanhola, defendeu em sua carreira. Casillas tem um vínculo até 2017, o qual deve ser rompido em nome de uma negociação com o lusitano FC Porto.

O intento da diretoria blanca desde 2012 é propor um sucessor para Iker, atualmente com 34 anos. O escolhido é o também espanhol David De Gea do inglês Manchester United, mas sua aquisição pode acontecer ou agora ou apenas em janeiro de 2016. Segundo o periódico espanhol El País, o desejo do United é liberar De Gea mediante a liberação do zagueiro Sérgio Ramos.

Ainda segundo o El País, Casillas está ciente do intento blanco de renovação para a posição de goleiro. O capitão já teria afirmado ao diretor geral José Ángel Sánchez que não pretende competir com De Gea, seu sucessor natural também na seleção da Espanha. Em Portugal, Casillas conta com o apoio do treinador espanhol Julien Lopetegui que seguirá no comando técnico do FC Porto.

Casillas custaria 30 milhões de Euros à equipe portista. O El País afirma que o Real Madrid estuda amortizar o valor pela metade, para que um acordo surja o mais rápido possível. O goleiro espanhol ainda não pretende encerrar a carreira, algo que só deve acontecer após a EURO 2016, que acontecerá na França.

Iker Casillas foi lançado entre os profissionais do Real Madrid em 1999. É pentacampeão espanhol, bi-campeão da Copa Del Rey e tricampeão da Champions League pelo clube merengue. Pela seleção espanhola é bi-campeão da EURO e foi campeão Mundial na Àfrica do Sul em 2010. Nas últimas temporadas, Casillas conviveu com problemas físicos e uma queda mental/motivacional significativa.

As más situações eclodiram com a convivência problemática mantida junto ao técnico José Mourinho, às quais eclodiram no fim da temporada 2012/2013. Na temporada 2013/2014, sob comando de Carlo Ancelotti, Casillas foi titular apenas nas partidas da Champions League, torneio em que o Real Madrid obteve o título naquela ocasião.

Mesmo com o êxito da décima CL, o goleiro espanhol já convivia com injustas vaias e perseguições proporcionadas pela própria torcida merengue.

Além de Casillas.

Como afirmamos acima, o zagueiro Sérgio Ramos tem situação indefinida, uma vez que o defensor já recusou uma proposta de renovação oferecida pela diretoria merengue. Os gestores blancos não parecem muito dispostos a seguir contando com o zagueiro atualmente com 29 anos. O Manchester United é o principal interessado em seu futebol.

Nos últimos dias o Real Madrid deu por confirmadas as situações de dois laterais direitos do seu elenco. O brasileiro Danilo foi apresentado na última quinta-feira e sua contratação junto ao lusitano FC Porto, já havia sido confirmada antes da disputa da Copa América. Danilo acabou cortado por Dunga da seleção brasileira que disputou o torneio devido a lesão num dos joelhos.

Na coletiva referente à sua apresentação, Danilo afirmou à imprensa espanhola que está plenamente recuperado do problema físico e disposto a atuar onde o treinador Rafa Benítez desejar. O time merengue também confirmou renovação de contrato do titular da lateral direita Daniel Carvajal.

Carvajal estendeu o seu vínculo por cinco temporadas, num acordo que se expirará em 2020.

Imagem de Casillas: Cordon Press