Mês: dezembro 2013

Efeito UFC

Praticamente na véspera do Natal, o programa Roda Viva da tv Cultura trouxe como entrevistado o lutador de UFC Anderson Silva, que lutará novamente com Chris Weidman na madrugada deste sábado 28/12, para domingo.

Por diversas vezes este 90 Minutos mostrou-se não muito simpático à competição, a qual não tomamos exatamente por modalidade esportiva. Por outro lado, a presença de Silva no Roda Viva, mostra a que ponto o UFC já foi assimilado pela mídia mainstream e pelo grande público no Brasil. Isso para o bem e para o mal.

Ler mais

Poder de verdade têm de ser arrancado…

“Il Milan non spende poco. Il Milan spende male” (“O Milan não gasta pouco. O Milan gasta mal”). A análise de meia linha da Gazzetta é a a mais bem acabada definição de por que o clube se acostumou há anos com listas de reforços cheias de Bakayés Traoré, Dominic Adiyah, Oguchi Onyewus e similares. Tudo que você ouviu nas últimas semanas em termos de vaticínios sobre a saída ou não do eterno direttore generale Adriano Galliani é orelhada. Nada está definido. Como afirma o poster do filme “O Poderoso Chefão III“, poder de verdade não pode ser dado – precisa ser arrancado. No clube, tem lugar a maior batalha política desde a compra do clube pelo cleptopolítico Silvio Berlusconi nos anos 80.

Ler mais

Em retalhos de dri-fit e clima cool. Em três listras de cetim

“Ensaiei meu samba inteiro,
Comprei surdo e tamborim.
Gastei tudo em fantasia,
Era só o que eu queria.
E ela jurou desfilar pra mim”
(Benito de Paula)

Ler mais

Mediocridade atleticana estava óbvia para quem quisesse ver

Quando o Atlético-MG venceu a Libertadores, numa dos maiores seqüências de sorte da história da competição, minha impressão era a óbvia – era um time medíocre. “Você está louco! É um baita time”, ouvi da maioria esmagadora de amigos e colegas. A derrota no Marrocos não é nenhuma zebra. O Galo é simplesmente um time medíocre, que teve a sorte de times ainda mais medíocres atravessarem seu caminho na competição sulamericana que venceu neste ano. Para a assessoria de imprensa que apostava num grande papel dos mineiros na África, ficou a enésima prova de incompetência. O Galo consegue ser quase tão incompetente quanto a mídia esportiva que o analisa.

Ler mais

Melancolia atleticana

O Atlético MG é um clube tradicional. Junto ao primeiro título de Campeão Brasileiro da primeira edição do torneio, há o atual título da Taça Libertadores em seu hall de conquistas mais importantes. O alvinegro acabou derrotado de forma melancólica na última quarta-feira, na semifinal do Mundial de Clubes FIFA, no Marrocos.

Ler mais

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top