Mês: junho 2011 (Page 1 of 3)

Atacante que parte do meio-campo...a Juve com Aguero

Juve escolherá entre marca ou funcionalidade

O noticiário da semana no mercado italiano gira em torno da Juventus. O clube está nos momentos finais de concluir a contratação de um superstar do futebol espanhol,  o excelente Sergio Agüero, para acompanhar Quagliarella no ataque do time. Contudo, a escolha pelo argentino, se ocorrer, será mais uma tentativa de reaver prestígio do que uma aposta funcional no 4-2-4 com o qual Antonio Conte planeja reerguer o time. O que fazer? 

Ler mais

A Série A do Genoa

Posição final: 10º lugar.
Em agosto estará na… frustrado, mas na Série A.
Técnico: Gian Piero Gasperini, depois Davide Ballardini (já substituído por Alberto Malesani)

Ler mais

O River morreu. Viva o River

Apesar da humilhante derrota do São Paulo no fim de semana (ainda que não surpreendente), o fato do fim de semana para mim foi na Argentina. E não vou esconder: não derramei uma lágrima pelo rebaixamento do River Plate. Nada contra o time de Nuñez, mas é que não se chora a morte de alguém morto há anos. A pá de terra sobre o caixão do River veio agora, mas o campeonato argentino está enterrado há muito tempo. E cabe aos argentinos ressuscitá-lo.

Ler mais

Santos e Neymar – prova de maturidade

Na quarta-feira, no Pacaembu, o menino dourado do Santos, Neymar, deu a sua primeira prova de maturidade. Sim, foi a primeira. Em nenhuma outra partida realmente decisiva e relevante do Santos, Neymar havia sido o que se espera de um jogador com suas ambições.  Mesmo reconfortado de jogar ao lado de Ganso, Neymar jogou como o jogador que se espera dele. Isso não é pouco.

Ler mais

O incrível caso da Internazionale

Há pouco mais de um ano, quando José Mourinho anunciou sua saída da Internazionale ao clube no dia seguinte à conquista da Liga dos Campeões no Santiago Bernabéu, o lugar que ele deixou passou a ser visto como um hotseat, ou em outras palavras, uma cadeira elétrica. Mourinho vencera com um grupo indo muito além de suas possibilidades e emular seus feitos era quase impossível. Um ano e dois técnicos depois, o banco de reservas da Inter parece ter ficado ainda mais ameaçador. Pelo menos quatro técnicos já recusaram treinar a vice-campeã italiana. Mas qual a razão?

Ler mais

A Série A do Chievo

Posição final: 11º lugar.
Em agosto estará na…Série A, confortavelmente.
Técnico: Stefano Pioli (já substituído por Domenico Di Carlo).
Destaque: Kevin Constant (meio-campista).
Calcanhar de Aquiles: o segundo pior aproveitamento de passes na Itália, 73%.
Na temporada…o Chievo manteve a tradição de quase uma década de Série A montando times com pouco dinheiroDa segundona francesa para a ribalta...Kevin Constant e muito entrosamento. O trabalho do time se reverteu em uma transferência do técnico Stefano Pioli para o Palermo, onde deve sofrer nas mãos no nefasto Zamparini. o Chievo desta temporada passava muito mal a bola (ajudado pelo pior gramado da Série A, o do Bentegodi), mas também foi o time que mais interceptava a bola em lançamentos e enfiadas. Com isso, fez uma boa defesa, revelou jogadores interessantes (como Constant, que já foi para o Genoa, Jokic e Gelson Fernandes) e sempre se manteve distante do rebaixamento (pelo menos o quanto é possível se manter). Dificilmente consegue ir muito além disso, sendo o segundo time da belíssima e pequena Verona, mas é uma prova que o futebol moderno não precisa da insânia blatter-havelângica dos Manchesters Cities da vida.

Futebol no Brasil, fraudes em campo e no banco

O futebol brasileiro deste ano teve muito mais a ser comentado por conta de corrupção, banditismo, Ricardo teixeira, Andres Sanches e afins do que do jogo em si. Neste último, somente o Santos foi digno de nota por ter chegado à final da Libertadores, apesar de Wagner Ribeiro, DIS, DNA ofensivo e outras bobagens. Mas nas últimas semanas, algi mais aconteceu. Claro, com muito mais bobagens do que qualquer outra coisa.

Ler mais

Agora é oficial – roubo na Copa 2014 é liberado

Antes de mais nada, uma declaração de incapacidade minha: alerto que não conseguirei, ao longo desse texto, externar toda a raiva, asco, frustração e estarrecimento contra a MP 527, que basicamente autorizou que os governos ocultem quanto custarão as obras destinadas à Copa do Mundo.

Ler mais

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top