Mês: março 2011 (Page 1 of 3)

Eto’o, o democrático

Por que razão todo jogador mala ameaça jornalistas com demissão quando criticado? O atacante da Inter, Samuel Eto’o, ameaça o emprego do jornalista que o criticou depois de uma derrota de Camarões.

O Fausto da Vila

Os leitores deste espaço sabem que eu acho que Neymar já deveria ter sido vendido. Não é segredo. A indisposição de Ganso com o clube e a saída da precoce promessa Jean Carlos Chera da Vila já são consequências da permanência do atacante, uma vez que claramente abriu-se um precedente. Amigos santistas mais que respeitáveis falam em favor da permanência de Neymar e da lisura do presidente do clube, Luis Álvaro. Mas eu discordo da primeira e cada vez mais desconfio da segunda.

Ler mais

Luis Fabiano x Adriano: uma disputa que não existe

Rapidamente, falando sobre as duas apresentações da semana que mais chamam a atenção: Luis Fabiano e Adriano. As comparações cessam aí, no alcance mediático: o primeiro tem uma carreira consistente na Europa, onde era titular de um time importante do continente e tido como um profissional de quem a torcida gostava. Mas importante que isso, é um jogador que poderia ter ido atuar em grandes equipes do futebol europeu, que foi titular na Copa passada. Ao contrário de Adriano, Ronaldinho Gaúcho, Roger, Carlos Alberto, Roberto Carlos entre outros, Luis Fabiano volta ao Brasil ainda como atleta de ponta, podendo dar ao São Paulo (dependendo de sua condição física) um futebol equivalente ao das maiores ligas do mundo.

Ler mais

Uma banana

A vida das pessoas de uma maneira geral, é um grande viveiro de frustrações. A grande maioria delas irrita-se, cria casos, entra em polêmicas vazias, para conseguir chamar a atenção. Doutra feita, teria de se limitar à sua triste existência, sem atenção nenhuma (que, normalmente, não tinha nem dos próprios pais), sabendo estar caminhando rumo à morte numa imensa estrada vazia. Esse tipo de gente está em todo lugar. Alguns são empregadores que maltratam funcionários, outros são policiais que abusam de violência e, entre outros, há também os anônimos que jogam bananas em campos de amistosos entre seleções. Desses últimos, eu sei que você ouviu muito falar no Brasil, esse país tolerante, depois de domingo. Mas certamente você não ouve as mesmas críticas aos idiotas que vão ao estádio perseguir jogadores supostamente homossexuais.

Ler mais

A decepção com Tiago Leifert

Eu não me lembro do aparecimento de um apresentador tão interessante no esporte brasileiro como Tiago Leifert. Ele não é só inteligente e talentoso: ele parece antenado com o que acontece e pouco afeito a manter tradições e costumes da TV que é uma mídia sessentona que tem medo de mudar. Por isso, minha decepção com o episódio da CPI-Twitter que o envolveu .

Ler mais

Boa sacada

Blogueiro baleado no RJ

Depois do post de ontem sobre a atividade do Blog do Paulinho, hoje escrevo para noticiar a tragédia anunciada da tentativa de assassinato do jornalista e blogueiro Ricardo Gama, baleado no Rio. A imprensa no Brasil com liberdade é, cada vez mais, aquela para quem aceita jogar o jogo do poder. Censura e ditadura não são só as iniciadas por golpes políticos. Elas nem sempre são óbvias. Só há liberdade de imprensa se ela for total e para todos. Não há meio termo.

Uma reflexão

Eu sei que não falta gente para fazer restrições ao trabalho do Paulo Cezar de Andrade Prado, cujo nome profissional é Paulinho e que tem um blog no qual não é exatamente a moderação a característica mais saliente. Mesmo sabendo disso e mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, me intriga que ele seja mantido tão à margem da imprensa chamada de profissional. Sim, há premissas que permitem acusá-lo de fazer denúncias sem provas legais constituídas, suspeitas de calúnia, injúrua e difamação. Contudo, não vejo absolutamente nenhum meio de comunicação de porte se aproximar dos esforços que ele faz para fazer reportagem (sei lá com que recursos à sua disposição). Só por isso, já mereceria mais consideração do que tem hoje na grande mídia.

Ler mais

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top