Itália-Sérvia, a hecatombe de perto

A insânia ocorrida em Gênova durante o jogo entre Itália e Sérvia pelas Eliminatórias da Eurocopa, na última terça, passou muito perto de uma tragédia. Os meias Stankovic (Inter) e Krasic (Juventus) foram pedir calma aos torcedores e acabaram ameaçados. O jogo acabou suspenso aos 6 minutos. O goleiro reserva Stojkovic foi alvejado por fogos de artifício e teve de ser levado para a emergência do hospital San Martino, nas cercanias do estádio. “Tive receio de estar vendo uma repetição de Heysel”, afirmou o jornalista Carlo Nesti, referindo-se à triste final de Copa dos Campeões na Bélgica onde confrontos entre torcedores mataram 38 juventinos. Depois do jogo, o goleiro reserva da Itália Viviano disse que encontrou Stankovic soluçando de tanto chorar na entrada dos vestiários, enquanto na parte externa do estádio, a polícia sofria para evitar o choque entre os hooligans sérvios e cerca de 100 italianos.

Um Toque

– O regulamento da competição prevê uma vitória por 3 a 0 para a Itália por causa da confusão, mas não é de se ignorar a possibilidade de uma punição mais severa. Michel Platini, presidente da Uefa, sempre deixou claro que trata o assunto da violência de torcidas com o rigor máximo. A imprensa sérvia foi duríssima: “Uma vergonha nacional”, afirmou um texto da TV pública RTS.

PS: esta nota foi publicada no Diário Lance! em 14/10.

Anteriores

Davids, o veterano fazendo amigos

Próximo

Hernanes x Adriano, a goleada da Lazio

3 Comments

  1. carissimo vc poderia postar uma pequena resenha sobre o livro que vc mesmo indicou, Behind the Curtain, não?
    abs

  2. Raphael

    Não seria nada surpreendente ver a Sérvia desqualificada da competição,

  3. Diogo Terra

    Justamente quando parecia que a Sérvia estava dando indícios de que optara, em sua política interna, pela aproximação com a União Europeia, aparecem esses desqualificados para escancarar que ainda falta muito para o país se livrar da corja pseudo-nacionalista. Fanatismo – religioso, nacional ou político – só pode dar nisso mesmo: matéria fecal. Aqui, nos EUA, na Sérvia, no Oriente Médio, everywhere.

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top