Totti 3 x 0 Spalleti

Luciano Spalletti pediu demissão da Roma, num gesto já esperado há alguns dias.

Spalleti caiu em desgraça na Roma depois de ter deixado de ter de Francesco Totti a graça de sua simpatia. O técnico teve uma verba ridícula para o mercado e a Roma é hoje um time sem chances mesmo de ir à Liga dos Campeões. Resta Totti. Ele bastará?

Não. Totti é o maior jogador da história da Roma mas aproxima-se do fim da carreira e deixa claro que não aceita nenhuma diminuição no seu status no elenco. Traduzindo: ou ele é titular ou é titular. Só que, agora, além de suas limitações “territoriais” (um monstro sagrado jogando em Roma e um jogador médio em situações externas), agregou uma grande gama de lesões físicas que reduziram suas presenças a 25 na última Série A (35 na temporada).

Pior: a Roma tem, obrigatoriamente de jogar para Totti ou ele não rende seu máximo. O romano é um jogador apuradíssimo quando tem liberdade para jogar entre ataque e defesa, mas nota 6 quando está enclausurado num dos setores. Só que como fazer se o jogador-chave do time não joga 40% dos jogos?

Spalletti foi sacrificado na Roma. Seu esquema 4-2-3-1 funcionava à perfeição desde que contasse com dois externos excelentes no ataque (ex: Mancini e Taddei em grande fase), un armador atrás de Totti para poder trocar de papel com ele e confundir a marcação, uma zaga absolutamente sólida e dois volantes com fôlego para cobrir grandes distâncias. Mancini foi vendido (assim como Aquilani), Perrotta caiu de produção (assim como Taddei), Menez, teoricamente o substituto de Mancini, não se encontrou na lateral e sugere que pode render na posição de Perrotta. E o banco romano, com Pit, Stoian, Faty e Okaka, não anima.

Claudio Ranieri, por mais que se fale mal, é um técnico que sabe arrumar a defesa. Sua limitação é no controle do grupo, coisa que se garante enquanto Totti quise-lo por lá. É difícil imaginar um esquema sólido que comporte um Totti capengando. Esse é o desafio para a Roma não disputar com o Milan a última vaga…da Intertoto.

PS: e falando em Milan, atenção que esse pode ser o destino de Spalletti…

Anteriores

Seleção do fim de semana na Europa

Próximo

Péssima, péssima notícia…

1 Comment

  1. Spaletti no Milan, eu acredito! Haha! O novo template com visual claro ficou muito bom! Abs, caríssimo!

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Top