Ibra

Ibrahimovic é um craque. Sem discussão. Mas se fosse menos arrogante, já seria o melhor do mundo.

O técnico Martin O’Neill, do Aston Villa, diz que ele é o jogador mais “overrated” de todos os tempos. Não chega a tanto, mas é fato que seu talento, apesar de imenso, não é o que ele imagina (Ibra deve se ver como uma mistura melhorada de Pelé com Cruyff). Mas ele não sai da Inter só se tiver um aumento. Seu sonho é a Bola de Ouro da France Football e na Inter isso não será fácil. Isso porque a Bola de Ouro passa pela Liga dos Campeões (pela sua conquista, bem entendido) e a Inter ainda não tem um time para ganhá-la.

Para piorar, seu empresário, Mino Raiola, é um chantagista no que diz respeito a ameaçar tirar jogadores de clubes. Ouvi de um colega italiano que os dois empresários mais detestados de Milão são Gilmar Rinaldi e Mino Raiola, porque nem esperam a tinta dos contratos de seus assistidos secar no papel e já estão soltando boatos sobre transferências para outros clubes.

Mourinho acha Ibra excepcional, mas está ficando farto das ameaças do sueco, que – este sim – está na lista do Real Madrid.

Cassiano Gobbet
Cassiano Gobbet é jornalista, formado pela Universidade de São Paulo e mestre em jornalismo digital pela Bournemouth University.
Top